px facebook px twitter px youtube

logo

graduacaoeletricacomunicacoes

O Curso de Engenharia de Comunicações propicia aos seus alunos uma sólida formação técnica e viés profissional voltado à análise, à concepção, ao dimensionamento, ao projeto e implementação de sistemas de comunicações, bem como à gestão de processos de operação, manutenção e fabricação de equipamentos de comunicações.

 

HISTÓRICO

 

O regulamento da Escola Técnica do Exército foi aprovado em 28 de fevereiro de 1939 por meio do Decreto nº 3.771. Com essa aprovação iniciou-se, juntamente com os cursos de Armamento, Construção, Eletricidade, Metalurgia e Química, o curso de Transmissões, legítimo precursor do atual curso de Engenharia de Comunicações do Instituto Militar de Engenharia. Tais cursos admitiam em seus bancos escolares apenas alunos militares, os quais mesmo após a diplomação como engenheiros militares continuavam a pertencer às suas armas e serviços de origem.

 

A criação do curso de Engenharia de Transmissões foi motivada pela guerra iminente, em razão das diversas aplicações militares que as transmissões eletromagnéticas propiciavam já aquela época, particularmente no que se refere ao comando e controle de operações militares.

 

Em 04 de novembro de 1959, de acordo com a Lei 3.654, em seu Artigo 6°, ocorreu a fusão da Escola Técnica do Exército com o Instituto Militar de Tecnologia originando o atual Instituto Militar de Engenharia (IME). Nessa mesma oportunidade o curso de Transmissões passou a ser denominado de Engenharia de Comunicações.

 

Desde então o referido curso foi alvo de diversas mudanças, todas no sentido de melhor atender ao compromisso de formar recursos humanos altamente qualificados e comprometidos com os interesses nacionais, mormente em uma área estratégica à soberania e ao desenvolvimento nacional. Tais mudanças contemplaram não apenas reestruturações curriculares e seus reflexos no perfil do egresso, mas também o sistema de admissão aos cursos do IME.

 

Atualmente, além de alunos oriundos da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), que realizam o curso em quatro anos, denominado Curso de Graduação (CG), o IME possui dois cursos de formação e graduação, cujos alunos são concludentes do ensino médio: o Curso de Formação e Graduação de Oficiais da Ativa do QEM (CFG/Ativa) e o Curso de Formação e Graduação de Oficiais da Reserva de Segunda Classe do QEM (CFG/Reserva). Ao término do curso, os egressos do CG e CFG da Ativa seguem carreira militar podendo galgar até o posto de General de Divisão, ao passo que os concludentes do CFG/Reserva irão atuar no setor civil da sociedade.

 

CONTATOS

 

Coordenador de Graduação: TC QEM Mauro Cezar Rebello Cordeiro – D.C.
Tel: (21) 3820-4119 / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

transparenciapublica px logoexercito px logo_frf px revistaime px logo_capes

© 2012 Instituto Militar de Engenharia - IME
Criação e Desenvolvimento: Agência 2A • Comunicação